Saber Melhor

Casamento não é para você

13 anos e meio de casado. Dia 15 de janeiro de 2005, em Brasília, casei. Na segunda semana de casamento descobri que casamento não era para mim. 13 anos e meio depois, estou convencido de que não nasci para ser marido e pai. É, além de casado, agora tenho 03 filhos e uma decisão a tomar.

Antes de presumir qualquer coisa, continue lendo.

Durante a cerimônia de casamento, o Padre disse: “Não espere nada dela, não espere nada dele”, “Sua missão é fazê-la feliz, e vice-versa”. Bonito, né?

Na segunda semana, a vida começou de verdade. A rotina, as manias, os horários que batiam, os pequenos aborrecimentos. Essa história de não esperar nada do outro, de fazer o outro ser feliz…eita padre filho da…

Para ela isso nunca pareceu ser difícil. Eu é que tenho vontade de sumir, ir para a Patagônia. Não sei se é só comigo, mas parece que as mulheres são mais fortes. Muito mais decididas.

E vieram os filhos. Como é bom. Como fazem barulho. O abraço é insubstituível. Como gastam. Ver o crescimento é maravilhoso. Crescem rápido e as roupas ficam pequenas.

E no meio do caos, lembro do padre. Fazer o outro feliz. Não esperar nada. Agora entendo porque não casam. Casamento não é para mim. Talvez não seja para você. Sou egoísta. Penso só em mim.

Lendo o texto de Seth Adam Smith – Marriage isn’t for you, me identifico. Ao contrário dela, eu nunca estive pronto para casar. 13 anos e meio depois de casado, ainda não estou pronto para casar.

O engraçado é que parece que a vida sabia que eu não estava pronto. Adoeci e pude ver a prontidão dela. As dificuldades com os meninos, ela pronta. Seja o que a vida trouxer, prontidão para enfrentar.

Casamento não é para mim. Talvez não seja para você. É para quem está disposto a fazer o outro ser feliz. É para quem não espera nada em troca. Decidir estar pronto para o casamento é uma decisão diária. Começa após a lua de mel. Como é difícil essa decisão. Como vale a pena ter casado com a pessoa certa.

Deixe uma resposta