Categoria: Apps

Empresas são condenadas após celular à prova d’água apresentar problemas ao ser testado

Uma moradora de Nova Venécia deve ser indenizada em R$3 mil depois de ter comprado um smartphone à prova d’água que parou de funcionar quando foi testado pela autora da ação. A quantia deverá ser paga pela loja virtual, na qual a compra foi realizada, e pela empresa fabricante do aparelho celular. A decisão é do Juizado Especial Cível, Criminal e da Fazenda Pública da Comarca.

Compartilhe
Por Saber Melhor 25 de julho de 2019 0