O que fazer para melhorar o mundo para os nossos filhos

O que fazer para melhorar o mundo para os nossos filhos

13 de outubro de 2019 0 Por Saber Melhor

Ler o noticiário é um tanto quanto doloroso, especialmente para quem tem filho com deficiência. A nossa percepção sobre o mundo muda completamente. 

O planeta, a sociedade, continuam a mesma. A percepção é que muda. 

Todas as pessoas, e eu me incluo no todo, somos regidos pelas emoções menos nobres como a raiva, a ganância e o egoísmo. Somos assim, ainda que muitos estejam lutando para evoluir e melhorar como indivíduos.

Gregos

Os gregos antigos tinham uma analogia perfeita. Nossas emoções e tendências, nossa irracionalidade, são como um cavalo forte e selvagem. Nossa racionalidade é bem mais fraca, quando comparada com o cavalo. Nossa razão é o cavaleiro ou a amazona. Com disciplina, o montador(a) consegue dominar as emoções, digo, o cavalo. Mas, lembre-se, mesmo o jóquei mais experiente caí do cavalo. 

Nossos filhos em um mundo irracional

E os nossos filhos, mais cedo ou mais tarde, deixarão de ter a nossa proteção. Terão que sobreviver em um mundo irracional, permeado de egoísmo, ganância e raiva. É o mesmo mundo de sempre.

O que precisamos fazer

Sendo isso um fato, incontornável, temos que mudar o mundo. Eu sei que isso é impossível. Pergunto, entretanto, que alternativa temos, senão tentar transformar o mundo e a sociedade? Preparar uma criança com síndrome de Down, Paralisia Cerebral ou Autismo para esse mundo é muito difícil. Temos que fazer, sabendo, no entanto, que é quase impossível.

Como fazer

Já que temos missões impossíveis e nem temos os recursos para fazer, vamos tentar mudar a realidade próxima da gente? Vamos pedir aos amigos, conhecidos e todos que pudermos para que compartilhem essa mensagem com o pedido seguinte:

Pense em todos os atos que praticou. Veja se agiu por raiva, ganância ou algum sentimento vil. Pense se é possível agir com nobreza e remediar algum mal que tenha praticado.

Compartilhe, vamos tentar transformar o mundo.

Compartilhe