Saber Melhor

Saiba como você pode amenizar a artrite em 10 minutos por dia

Segundo estudo feito por pesquisadores da Universidade de Northwestern nos Estados Unidos, dez minutos de atividade física bastam para reduzir em 85% a chance de ter de se afastar de diversas atividades cotidianas em decorrência da artrite. 

Segundo informações da Sociedade Brasileira de Reumatologia, 1,5% da população do país, uma média de 3 milhões de pessoas, sofrem com essa condição. Só em 2018 o Ministério da Saúde teve um registro de 17,995 atendimentos em ambulatórios, incluindo internações, devido a quadros de artrite. 

A entidade alerta sobre a importância de realizar ao menos 150 minutos de exercícios físicos durante a semana, podendo dividir ao longo dos dias, o que irá resultar em uma média de 21 minutos por dia. Já a pesquisa mostra que metade desse tempo em atividades físicas é o bastante para evitar a artrite.

De acordo com a principal autora do estudo, esse pequeno tempo de atividade física pode incentivar pessoas com mais idade a mudar o seu estilo de vida e ganharem mais qualidade devido aos benefícios alcançados. 

No início do estudo foi feita uma pesquisa com 1.500 pessoas, foi detectado que todas elas sentem dores e rigidez por causa da artrite nas regiões dos joelhos, quadris, tornozelos ou pé, no entanto, nenhuma delas estava impossibilitada de realizar atividades físicas. 

A OMS mostra que, após quatro anos, 24% das pessoas adultas que não praticaram pelo menos metade de atividades físicas solicitadas andavam lentamente, não tendo nem mesmo condições para atravessar a rua em segurança. Aproximadamente 23% afirmaram ter problemas relacionados a essas limitações e, por esse motivo, não realizam nenhum tipo de exercício. 

Conhecendo mais sobre a doença 

A entidade aponta que a artrite é uma inflamação nas articulações, atingindo principalmente as mulheres na faixa etária de 30 a 40 anos. 

Os sintomas são: dores frequentes nas articulações, normalmente nos joelhos e cotovelos; e rigidez, que torna mais difícil a movimentação da articulação, na maioria das vezes no período da manhã 

O diagnóstico é associado a diversos fatores, mas os principais para a comprovação são as dores nas articulações das mãos e punhos, entre os meios dos dedos, aparecimento de nódulos reumatoides, e a já citada rigidez, que dura aproximadamente uma hora após o despertar.

Sabendo sobre a doença e seus sintomas, é importante que as pessoas fiquem atentas à importância da prática de atividades físicas, mesmo que seja por um curto período durante a semana. Nos casos já existentes e crônicos, o ideal é procurar ajuda de um médico, o qual irá solicitar todos os exames necessários e indicar o melhor tratamento.

Existem situações (a grande maioria dos casos) em que os médicos encaminham os pacientes para fisioterapia. Sendo assim, cabe ao paciente procurar por um profissional que já atua na área e que seja experiente no assunto, pois deve levar em conta que não se trata apenas de um simples exercício, é necessário realizar técnicas adequadas à cada situação, quadro e paciente.

A SM Care é uma clínica especializada em fisioterapia e conta com diversos serviços de reabilitação e prevenção de lesões. A empresa conta com profissionais capacitados e habilitados em diferentes técnicas e especialidades fisioterapêuticas, prestando serviços de  Fisioterapia na Vila Olímpia 

Website: http://www.smcare com.br/

Deixe uma resposta