Saber Melhor

Brasil

Distrito Federal

Internacional

Tecnologia

Política

Saúde

Economia

Educação

Esportes

Início

Blog

Que Somos 

Contato

Você é mais ético e honesto do que os seus adversários políticos?

Bandeira brasileira
Por Saber
|14 de outubro de 2019|

Eu sou diferente, mais racional e mais ético do que a maioria das pessoas. Bem, isso soa arrogante. Então, raramente você ouvirá frases do tipo. Mas, no fundo, a maioria das pessoas, pensa assim. Mesmo os políticos desonestos acreditam que são honestos e éticos e que a riqueza que possuem é merecida.

Exercício diário

Acontece que ética, racionalidade e caráter não surgem do nada. São habilidades que aprendemos desde a infância e que precisamos exercitar diariamente. Para que possamos ter esses atributos, primeiro, precisamos nos conhecer. Precisamos conhecer as nossas fraquezas e transformá-las em força.

Dinheiro nas bolsas e cuecas

Talvez você não tenha recebido propinas e as guardado em bolsas e cuecas por falta de oportunidade. Submetido as mesmas circunstâncias e tentações dos inúmeros políticos flagrados em cenas indiscretas, talvez você fizesse pior. Você se conhece o suficiente para afirmar que não cairia em pecado?

Ilusão de ótica

Quando se trata de uma autoanálise, com raríssimas exceções, sofremos uma espécie de ilusão de ótica. Encontramos justificativas mentais para as nossas falhas e para as falhas de pessoas próximas (desde que elas não estejam falhando conosco).

Desculpas mentais

Mesmo quando nos damos conta de que agimos de forma errada, criamos uma desculpa dizendo: “não sei o que aconteceu, não era eu”; “foi a bebida” e que “aquela pessoa me deixa louco”. Sempre temos uma explicação, que, para nossa consciência, parece razoável.

Desacerto nos negócios

Um exemplo claro do padrão desviante da ética acontece nos desacertos comerciais e societários. Uma das partes, em geral, usa do poder que possui – geralmente a supremacia econômica – para oprimir o outro lado. Sem qualquer resquício ético, analisa os fatos, processa as informações, acusa, julga e aplica a pena. É o caso do patrão que retém acertos do empregado por entender que a pessoa cometeu alguma falta.

Hipocrisia

Esse mesmo patrão, possivelmente, estará, nas redes sociais, apontando o dedo para grupos políticos que divergem da sua opinião e os chamando de desonestos, de ladrões e antiéticos.

Como se tornar ético, honesto e racional

Ética, honestidade, racionalidade, empatia e moral são mais do que palavras ou conceitos, são estilos de vida que precisam ser exercitados e fortalecidos todos os dias, praticando-se o autoconhecimento e corrigindo os próprios padrões de comportamento.

Compartilhe: