Updated : jul 14, 2019 in Motivacional

Você sabe identificar os interesses ocultos atrás de uma amizade?

Em poucos minutos você pode descobrir quais os interesses que uma pessoa possui ao se aproximar de você. Saber se uma amizade é interesseira ou sincera pode evitar muitos problemas. Se você já foi enganado ou já se decepcionou com alguém, ou até com você mesmo, aprenda, em 02 minutos, a se defender.

Photo by Alvin Mahmudov on Unsplash

Uriel G. Foa, psicólogo social pesquisou sobre a Teoria dos Relacionamentos Humanos. Em resumo, ele diz:

TODO RELACIONAMENTO HUMANO É UM NEGÓCIO

Isso não significa que sejam relações frias e interesseiras. São transações com componente emocional. As pessoas interagem entre si dando e recebendo os recursos que possuem e que precisam. 

Recurso deve ser entendido como qualquer coisa que possa ser transmitida de uma pessoa para outra. Recursos incluem coisas físicas, como dinheiro e bens. Também abrange questões emocionais, como afeto, conforto e amor.

Os recursos podem ser divididos em 06 categorias, assim classificadas: 1) amor; 2) serviço; 3) Status; 4) Dinheiro; 5) Bens e 6) Conhecimento.

Photo by Kristina Litvjak on Unsplash

Amor – são os recursos com o significado de afeto, aceitação, amizade, consideração, paixão e amor, propriamente dito.

Photo by Martin Jernberg on Unsplash

Serviço é o recurso ligado ao cuidado, calor humano, conforto, consolação, acolhimento, sem a intensidade que estaria envolvida no item amor.

Photo by Fauzan Saari on Unsplash

Status é conectado com os títulos, a honra, como se é conhecido no meio social. Algumas pessoas precisam ser reconhecidas.

Photo by Sharon McCutcheon on Unsplash

Dinheiro é a moeda, cédula, conteúdo monetário.

Photo by Trường thẩm mỹ Ana Anabeautyacademy on Unsplash

Bens são as coisas, os bens que possuem valor sentimental, econômico ou emocional, mas que não são dinheiro.

Photo by James L.W on Unsplash

Conhecimento guarda relação com ideias, conselhos, ensinar e aprender.

Photo by Alejandro Escamilla on Unsplash

Alguns exemplos de situações específicas ajudam a entender essa troca.

  1. Precisando de conselhos (conhecimento), alguém convida um amigo para um lanche (Comida=Bens);
  2. Um colega de trabalho termina uma tarefa no prazo (Serviço) e o chefe faz um elogio público (Status), dá um bônus financeiro (Bens) ou um prêmio (Bens).

Todos precisamos das 06 categorias. Em geral damos o que mais temos. Em troca buscamos suprir nossas maiores carências. Ocasionalmente, especialmente com as categorias intangíveis (amor, serviço e conhecimento) damos o que mais queremos.

Photo by Ben White on Unsplash

Por exemplo, alguém que deseja informações tende a fazer fofoca, para receber informações em retorno.

A lei da reciprocidade.

Saber o que temos e o que queremos é importante para direcionar as nossas ações. Saber o que o outro quer é importante para melhorar a qualidade das relações sociais.A exemplificação nos socorre. Um determinado empregado é extremamente valoroso para uma empresa (serviço). O patrão quer recompensar essa pessoa. Se ela deseja status, uma sala com o nome na porta; se ela deseja bens, um final de semana em um Resort, se deseja dinheiro, um bônus financeiro; se conhecimento, ouça as ideias dela. A retribuição correta é a chave de uma relação interpessoal bem-sucedida.

Veja isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *